Estádios de futebol do Distrito Federal recebem força tarefa da Secretaria de Esporte e Lazer

A ação inédita visa garantir a segurança e comodidade de seus frequentadores
Brasília, 17 de junho de 2020 


Estádio Serejão – Taguatinga DF
Os equipamentos públicos de esporte da capital federal devem passar por uma minuciosa vistoria e fiscalização nos próximos dias. A Secretaria de Esporte e Lazer coordena uma inédita força tarefa, em parceria com órgãos do Governo do Distrito Federal, para garantir que esses espaços ofereçam segurança e comodidade aos seus frequentadores. O Decreto Nº 40.891, publicado na edição extra desta terça-feira (16/06) do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), prevê que seja identificada a real situação de 11 estádios de futebol espalhados nas regiões administrativas do DF, em um prazo de até 20 dias úteis, podendo ser prorrogado, caso haja necessidade.



Essa força tarefa deve avaliar a necessidade de intervenções nos estádios Valmir Campelo Bezerra, o Bezerrão, no Gama; Elmo Serejo Farias, o Serejão, em Taguatinga; Augustinho Lima, em Sobradinho; Maria de Lourdes Abadia, o Abadião, em Ceilândia; Joaquim Domingos Roriz, o Rorizão, em Samambaia; o Juscelino Kubitschek, no Paranoá; Chapadinha, em Brazlândia; Metropolitana, no Núcleo Bandeirante; Ninho do Carcará, no Cruzeiro; Adonir Guimarães, em Planaltina/DF; e o Complexo Esportivo e de Lazer do Guará (Cave), no Guará II.




Estádio Valmir Campelo Bezerra, o BEZERRÃO – Gama/DF
“Identifiquei o problema nos laudos dos estádios nos meus primeiros dias de gestão e já procurei a solução junto ao GDF. Preparamos uma força-tarefa para solucionar as vistorias e as fiscalizações nesses locais. A comissão irá agilizar os resultados para provocar a breve regulamentação dos estádios do DF”, explica a secretária de Esporte e Lazer, Celina Leão. A ação se mostra essencial, urgente e necessária em razão da retomada em breve das atividades econômicas, quando acabar o isolamento social devido à pandemia de COVID-19.
Entre os itens analisados estão a segurança, a acessibilidade, o conforto, a prevenção de acidentes e o combate a incêndio, assim como as condições sanitárias e de higiene. Cada estádio – composto de múltiplos espaço como gramado, pista de atletismo, arquibancadas, áreas de lançamento e saltos, tribunas – requer um conjunto de ações em diferentes níveis para que se coloquem em condições de receber eventos esportivos e futebolísticos. Fazem parte da força tarefa o Corpo de Bombeiros Militar do DF; a Diretoria de Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde; e Policia Militar do DF.
Fonte: Ascom SEL

Share on Google Plus

About Lidera DF

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Postar um comentário

Política de comentários: Adoramos os comentários e agradecemos o tempo que os leitores gastam para compartilhar ideias e dar feedback. No entanto, todos os comentários são moderados manualmente e aqueles considerados spam, discórdia ou exclusivamente promocionais serão excluídos. Contestações, elogios e sugestões também podem ser encaminhadas pelo nosso email lideradf10@gmail.com